“Nunca conheci um adulto com tanta necessidade de reafirmação como Donald Trump. Só o vi em crianças de dois ou três anos”, afirmou Comey numa entrevista ao canal britânico Sky News.

“A reafirmação é como o ar para ele. Ele precisa disso constantemente e é isso que o torna tão perigoso para os Estados Unidos nos próximos sete dias, porque ele sente que a reafirmação está a escapar pelos seus dedos e sem dúvida sente-se traído pelos que o rodeiam”, acrescentou.

Face à posse de Joe Biden, na quarta-feira, o ex-diretor do FBI demitido por Trump em 2017, assegurou que o republicano “é um demagogo populista capaz de dizer qualquer coisa a qualquer momento para ganhar o apoio do povo”.

"Há um aspeto que as pessoas geralmente não veem. Há algo de ameaçador nele que aparece em particular, mas não em público. Eu percebi isso quando estava sentado perto dele. Ele sempre me lembrava de um chefe da máfia, porque eu conheci muitos chefes da máfia e ajudei a colocá-los na prisão ", concluiu Comey.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.