"É um dos domínios de maior atraso ao longo das décadas", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, alertando que "está longe de estar coberta" a necessidade de estruturas que apoiem as pessoas com deficiência mental e famílias.

O Presidente da República falava aos jornalistas no final de uma visita às instalações da Associação de Pais e Amigos de Deficientes Mentais Adultos (CEDEMA) em Famões, Odivelas, inaugurada há três anos e que acolhe 24 utentes no lar residencial e mais 10 no centro ocupacional.

Na visita, Marcelo Rebelo de Sousa testemunhou as atividades proporcionadas pelo centro ocupacional, desde a pintura à dança, e conheceu António Machado, 50 anos, desportista com currículo no golfe e que foi campeão dos "Special Olympics" em 2015.

Marcelo Rebelo de Sousa manifestou-se impressionado com o desportista e quis saber pormenores sobre o treino, posando ao lado de Machado para a fotografia. "É inato", frisou o professor João Pereira, que trabalha no centro ocupacional do CEDEMA.

Em declarações aos jornalistas, a presidente do CEDEMA, Maria Antónia Machado, afirmou que "faltam sempre" apoios na área da deficiência mental, frisando que a lista de espera da instituição é de 300 pessoas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.