Em declarações à agência Lusa, pelas 13:00, Manuel Cordeiro, adjunto de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), explicou tratar-se de um incêndio que deflagrou pelas 11:25, com duas frentes ativas, “uma a ceder aos meios, e outra a lavrar ainda com intensidade”, numa zona de mato, de “difícil acesso”.

Este operacional indicou que alguns dos 125 operacionais e seis meios aéreos ainda estão a caminho do teatro de operações, para reforçar o dispositivo no terreno, acrescentando que, neste momento, não há povoações em risco.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.