“O incêndio tem duas frentes ativas. Uma [terceira] já foi dominada”, disse a mesma fonte à agência Lusa.

Em declarações à Lusa pelas 22:40, o vice-presidente da Câmara do Sabugal, no distrito da Guarda, Vítor Proença, disse que se está a atravessar “uma fase mais calma”, com o vento a abrandar e a temperatura do ar a baixar.

“O que nos preocupa são as habitações isoladas. Há no local muitas quintas isoladas, com acessos difíceis. O terreno é muito íngreme”, explicou o autarca que também tem a pasta da Proteção Civil.

No entanto, por as condições estarem a ser favoráveis, Vítor Proença disse ter esperança de que “dentro de algumas horas as coisas sejam resolvidas”.

Segundo a página na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), cerca das 22:45 estavam no local 287 operacionais, apoiados por 84 viaturas.

Sabrosa

O incêndio que deflagrou esta tarde em Roalde, Sabrosa, no distrito de Vila Real, foi dado como dominado pelas 22:45, disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros locais, José Barros.

O comandante referiu que estão a ser feitas manobras de rescaldo e de consolidação do fogo que começou às 15:37 e queimou uma área de pinhal e mato.

O trabalho irá prolongar-se durante toda a noite e, segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) neste teatro de operações permanecem 155 operacionais e 45 viaturas.

Para o terreno foram também mobilizadas duas máquinas de rasto.

O vento forte que se fez sentir durante a tarde dificultou a ações dos operacionais no terreno.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.