O Stromboli é um vulcão ativo, mas a erupção de hoje foi particularmente impressionante, de acordo com os meios de comunicação italianos.

“Foi como estar no inferno, com uma chuva de fogo a cair do céu”, testemunhou o padre da ilha, Giovanni Longo, citado pelas agências de notícias italianas.

Segundo ainda os meios de comunicação, um montanhista morreu e um acompanhante seu ficou ferido, mas os bombeiros não confirmaram essa informação imediatamente.

De acordo com relatos dos ‘media’, os turistas fugiram da ilha após a erupção, enquanto outros se protegeram nas habitações.

De acordo com o Instituto Nacional Italiano de Geofísica (INVG), duas grandes explosões ocorreram hoje, na vertente sul-central da cratera do vulcão, por volta das 16:46 locais (15:46 em Lisboa).

As explosões foram precedidas por fluxos de lava “de todas as bocas ativas do vulcão”, projetando uma nuvem de fumaça de dois quilómetros de altura, acrescentou o INVG.

Um dos aviões dos bombeiros na cidade siciliana de Messina, responsável pela região do Stromboli, não foi capaz de lidar com os incêndios causados pela erupção devido à grande quantidade de fumaça, de acordo com relatos dos ‘media’ italianos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.