No vídeo, é possível ver vários aviões a aterrarem e a levantarem voo do Charles de Gaulle. São também reveladas imagens de ataques ao que o exército francês diz ser um posto de comando e telecomunicações utilizado pelo Estado Islâmico, a 14 de janeiro de 2016.

Outras imagens mostram um avião de carga norte-americano no convés do Charles de Gaulle.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse na quinta-feira que pelo menos 38 civis foram mortos em ataques aéreos realizados pela coligação, liderada pelos EUA, na província de Hasaka, no nordeste da Síria, no dia 16.

Os Estados Unidos e os seus aliados têm realizado ataques aéreos na região contra o Estado islâmico, que controla algumas partes da província de Hasakah, mas que tem vindo a perder terreno nos últimos meses.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.