Natural de Pindamonhangaba, um município do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, de 65 anos, é formado em Medicina e iniciou a sua carreira política aos 19 anos como vereador na sua cidade natal.

Em 1988, foi um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), partido que liderou mais tarde, durante os seus três mandatos como governador de São Paulo.

Disputou também a Presidência do Brasil em 2006, quando foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva, na segunda volta. Derrotado, passou algum tempo em Washington, nos Estados Unidos, onde estudou economia.

Mas a ambição de Alckmin em chegar a Presidente do Brasil não ficou esquecida e o PSDB decidiu agora escolher, mais uma vez, o seu nome como candidato.

Caso vença a 7 de outubro, Alckmin quer reduzir o número de partidos com voto distrital ou distrital misto - modelo de combinação do voto proporcional e do voto maioritário e propor uma revisão do quadro pluripartidário do país.

Outra das ideias apresentadas pelo político contempla as reformas tributária do Estado. “É importante agir rápido. Ter pressa para retomar a confiança e trazer investimento para o Brasil poder ter um ciclo longo de crescimento sustentável. Uma agenda de competitividade. O Brasil ficou extremamente caro”, afirmou.

O candidato do PSDB prevê a unificação dos impostos num único: o IVA.

“Pretendo reduzir o Imposto de Renda da pessoa jurídica e contribuição sobre imposto líquido e compensar pela tributação de dividendos. Os Estados Unidos fizeram isso e está em um patamar de crescimento de 4% ao ano no último trimestre. Cada 1% significa 10 milhões de empregos”, destacou Geraldo Alckmin num dos seus discursos.

Quanto à questão da segurança, um dos problemas que mais afeta o território brasileiro, Alckmin pretende criar uma Guarda Nacional, formada por homens que cumpram o serviço militar obrigatório, assim como aumentar o tempo máximo de retenção de menores infratores, de três para até oito anos.

Defende também a flexibilização do estatuto do desarmamento, para facilitar o porte de armas para a população que mora em áreas rurais.

Nas últimas sondagens realizadas, Alckimin aparece em quarto lugar, com 9% das intenções de voto, num empate com a candidata do Partido Rede, Marina Silva.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.