Na sequência de uma investigação, militares da GNR realizaram, na quarta-feira, uma busca a uma casa, onde foram encontrados sacos que continham um total de 1.540 quilos de cápsulas de papoila, os quais foram apreendidos, explica a força de segurança, em comunicado.

Os militares também apreenderam vários materiais ligados ao tráfico de droga, refere a GNR, indicando que comunicou os factos ao Tribunal Judicial de Moura e vai remeter as cápsulas de papoila para o Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária para análise.

Em declarações à agência Lusa, o comandante do Destacamento Territorial de Moura da GNR, Nelson Pestana, explicou que a ação foi efetuada após uma denúncia do proprietário da casa, a qual tinha alugado a cidadãos estrangeiros.

Após a saída dos cidadãos, o proprietário deslocou-se à casa e deparou-se com os sacos que continham as cápsulas de papoila, contou, informando que a investigação ainda decorre.

A GNR está a realizar diligências para identificar quem estava na casa e ainda desconhece qual seria o destino das cápsulas de papoila, que já estão secas, adiantou.

A ação foi efetuada pelo Núcleo de Investigação Criminal de Moura e contou com o apoio do Núcleo de Apoio Técnico de Beja e do Posto Territorial de Moura.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.