Segundo a GNR, dos 1.223 detidos em flagrante, 421 foram por condução sob o efeito do álcool, 230 por condução sem habilitação legal, 131 por tráfico de droga, 51 por furtos, 30 por posse de arma proibida, oito por roubo, sete por permanência ilegal em território nacional e cinco por incêndio florestal.

No conjunto de operações que desenvolveu em outubro, a GNR apreendeu 20.261 doses de haxixe, 2. 137 de cocaína, 999 de heroína, 7,7 quilos de cannabis em folha, 1,2 quilos de liamba, 91 plantas e 80 sementes de cannabis e 194 doses de ecstasy.

Foram ainda apreendidas 48 armas de fogo, 78 armas brancas, 1.206 munições de diversos calibres, 37 veículos, 2.679 artigos contrafeitos, 920 quilos de tabaco, 315 quilos de pescado e bivalves e 27.442 euros em numerário.

Na área do trânsito, foram detetadas 33.866 infrações, entre elas 10.507 por excesso de velocidade, 993 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 1.772 por falta de inspeção periódica obrigatória e 1.219 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização.

A GNR detetou ainda 1.244 infrações por uso indevido do telemóvel durante a condução, 1.178 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinhas para crianças, 1.209 relacionadas com tacógrafos e 701 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.