"Macau tem sido um bom exemplo da implementação da Lei Básica e do princípio ‘Um País, Dois Sistemas’ e o resultado é evidente, em especial, na prevenção de quaisquer possíveis condutas de secessão. Por isso, a promoção da independência existente em Hong Kong não ocorre em Macau. Macau merece a minha aprovação total", afirmou Chen Si Xi.

Na declaração, em chinês, transmitida pela TDM–Canal Macau, o subdiretor do Gabinete de Ligação alertou que "algumas forças externas" estão "a tentar trazer o sentimento pró-independência para Macau".

"Apesar de a situação em Macau ser relativamente calma, Macau não deve baixar a guarda e deve manter-se sempre vigilante para suprimir qualquer sentimento pró-independência, a todo o momento", acrescentou o responsável.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.