O cardeal Joseph Zen, a cantora Denise Ho, a advogada Margaret Ng e o académico Hui Po-keung foram detidos pela Polícia de Segurança Nacional de Hong Kong, anunciou a organização de defesa de direitos humanos com sede no Reino Unido Hong Kong Watch.

Aparentemente, as detenções estão relacionadas com o papel desempenhado por estas pessoas como administradores do Fundo de Auxílio Humanitário 612, uma organização, entretanto extinta, que forneceu assistência jurídica a pessoas que participaram nas manifestações pró-democracia de 2019.

Mais tarde, dezenas destes ativistas foram presos sob uma severa Lei de Segurança Nacional imposta à cidade, pelo Governo central de Pequim, em 2020.

Estas comemorações foram proibidas desde a entrada em vigor em 2020 de uma lei de segurança nacional imposta por Pequim, em resposta às manifestações pró-democracia em 2019.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.