De acordo com a informação transmitida às Companhias de Bombeiros da região pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), o Serviço de Ortopedia/Traumatologia daquele hospital não recebe doentes até às 08:00 de sexta-feira.

O Serviço de Obstetrícia do Hospital de São Bernardo também está com constrangimentos, pelo que não irá receber doentes das 09:00 às 21:00 de sexta-feira.

A Câmara de Setúbal tem prevista uma reunião com o Conselho de Administração do Hospital de São Bernardo, que também está agendada para sexta-feira, para avaliar a situação no Hospital de São Bernardo.

 Entretanto, juntamente com os municípios de Palmela e Sesimbra, a Câmara de Setúbal também já solicitou uma reunião urgente ao ministro da Saúde, face à falta de médicos que está a afetar a prestação de cuidados de saúde em todos os hospitais públicos da península de Setúbal, no Barreiro, em Almada, e Setúbal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.