“A IMPRESA – Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A. informa que a sua subsidiária IMPRESA Publishing. S.A. celebrou, nesta data, um contrato de transmissão do negócio atinente às publicações Activa, Caras, Caras Decoração, Courrier Internacional, Exame, Exame Informática, Jornal de Letras, TeleNovelas, TV Mais, Visão, Visão História e Visão Junior, a favor da sociedade Trust in News, Unipessoal, Lda. […], com efeitos a 1 de janeiro de 2018”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"Estas revistas, além de serem quase todas líderes de mercado e títulos de reconhecido valor para milhares de leitores, são também um bom negócio, que fatura muitos milhões de euros e tem EBITDA [resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações] positivos interessantes", afirma o presidente executivo da Trust in News, Luís Delgado, citado no comunicado.

"Acredito que as revistas em papel têm futuro, apesar do crescimento do digital, onde estes títulos também se posicionam e vão continuar a crescer. E acredito, acima de tudo, que se pode criar ainda mais valor em redor destas marcas prestigiadas e de referência", salientou.

A Trust in News vai ter cerca de 180 trabalhadores, refere a empresa, acrescentando que "transitaram para o novo grupo de comunicação social todas as equipas de redação dos 12 títulos e foram feitas dezenas de outras contratações".

Adianta que o novo grupo de media "ficará com uma posição única" no setor, "onde será detentor de várias marcas de referência que merecem a confiança dos portugueses, com mais de 103,8 mil assinantes que são leitores fiéis".

Com este negócio, a Trust in News "será o maior grupo de imprensa em Portugal: 12 títulos, com uma circulação conjunta de 326 mil exemplares, segundo o último relatório da APCT [Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação], e um universo de leitores que ultrapassa os 1,7 milhões, segundo os dados do Bareme Imprensa, além de 1,347 milhões de seguidores no Facebook e 114 mil no Instagram", lê-se no comunicado.

A diretora da Visão, Mafalda Anjos, vai assumir também as funções de ‘publisher’ dos 12 títulos no novo grupo.

Luís Delgado foi jornalista, editor executivo e subdiretor do Diário de Notícias (DN), fundador do Diário Digital, administrador-delegado da Lusa e presidente executivo do grupo Lusomundo Media, entre outras atividades desempenhadas ao longo da sua carreira.

[Notícia atualizada às 17h10]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.