"É lamentável e inqualificável que a Altice, responsável pela rede de infraestruturas de comunicações, continue sem resolver os problemas que derivam dos incêndios, restabelecendo as comunicações e desde logo as condições para permitir às populações recorrerem aos serviços de emergência, como ficou tragicamente evidenciado com o recente caso da morte de uma mulher no concelho da Sertã", refere em comunicado a direção da Organização Regional de Castelo Branco (DORCB) do PCP.

O PCP diz também que, “apesar de repetidas promessas, a realidade destas populações é a ausência de resposta e procura, em muitos casos, de um vergonhoso aproveitamento para impor soluções alternativas de serviços mais dispendiosos para as populações".

Os comunistas sublinham que esta realidade evidencia as consequências das privatizações de setores estratégicos como as comunicações e adiantam que através do seu grupo parlamentar já solicitaram uma audição, com caráter de urgência, ao ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, e à ANACOM.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.