Em comunicado, a ANPC adianta que os quatro ‘workshops’ temáticos se realizam em colaboração com a Estrutura de Missão para a Instalação do Sistema Gestão Integrada de Fogos Rurais e contam com 50 participantes.

Além dos três peritos espanhóis, a iniciativa conta com a participação de elementos da estrutura operacional da ANPC, do comando dos corpos de bombeiros, da Força Especial de Bombeiros, do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), do grupo de empresas AFOCELCA e da direção nacional de planeamento de emergência da ANPC.

Os quatro workshops inserem-se no âmbito do programa de troca de peritos do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia, ao abrigo do qual estão em Portugal, durante três semanas, três peritos espanhóis (um da área da meteorologia e comportamento de incêndios e dois da área da prevenção) para uma missão de partilha de conhecimentos e experiências, refere a ANPC.

A Proteção Civil refere ainda que esta iniciativa se enquadra na resolução do Conselho de Ministros aprovada em outubro de qualificação e de capacitação dos agentes de proteção civil integrados no Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais.

As sessões, que começaram em Mangualde (distrito de Viseu) em 08 de maio, vão terminar na sede da ANPC, em Carnaxide, entre 14 e 17 de maio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.