"O incêndio, que chegou a ter duas frentes ativas, está dominado. Contudo, vamos prosseguir com trabalhos de consolidação do perímetro e rescaldo, para evitar reacendimentos durante a noite", explicou Noel Afonso.

O comandante avançou que o dispositivo de combate vai manter-se no terreno e será desmobilizado de forma gradual.

Segundo a página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), no terreno, às 20:15, estavam 86 bombeiros apoiados por 28 veículos terrestres e dois meios aéreos.

No combate às chamas chegaram a estar empenhados cerca de 90 bombeiros e seis meios aéreos.

O alerta foi dado às 15:53, segundo a página na internet da ANEPC.

(Notícia atualizada às 20:32)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.