Foram atendidas nos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM um total de 679.686 chamadas de emergência, o que significa um aumento de mais de 11 mil chamadas relativamente ao primeiro semestre do ano passado.

As chamadas feitas para o 112 são atendidas em primeira linha nas centrais de emergência pela PSP e GNR, que reencaminha para os CODU as situações que digam respeito a urgências ou emergências médicas.

As chamadas atendidas no primeiro semestre pelo Instituto Nacional de Emergência Médica deram origem à ativação de mais de 625 mil meios de emergência entre os diversos tipos de ambulância, unidades de intervenção psicológica ou helicópteros.

NO primeiro semestre de 2017 o INEM atendeu 679.686 chamadas, quando em 2016 tinham sido atendidas 668.414. No mesmo período de 2015 foram recebidas 656 mil chamadas e em 2014 foram atendidas menos de 620 mil.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.