A decisão foi comunicada um dia depois de o presidente, Miguel Ferreira da Silva, se ter demitido por não se rever na posição do partido, que votou a favor da manutenção da página original.

A polémica surgiu no seguimento de uma notícia da Renascença, publicada esta quinta-feira, onde é revelada a utilização da página "António Costa 2015 - Capacitar Portugal" por parte da Iniciativa Liberal (IL).

Em declarações ao SAPO24, a Comissão Executiva da IL disse esta sexta-feira que “a página criada inicialmente deixará de existir”, passando o partido a utilizar um novo endereço, que será “anunciado em breve”.

A nova página “já está criada e aguarda publicação”, esclareceu.

Questionada sobre o facto de esta decisão contrariar o resultado da votação a que Miguel Ferreira da Silva faz referência no comunicado em que anuncia a sua demissão, e que vai no sentido de ter sido aprovada a manutenção da página original, a Comissão Executiva explicou que a eliminação da página “implicaria que todos os conteúdos” atuais “deixassem de existir”, e “a maioria da Comissão Executiva não estava de acordo” com essa proposta.

"A decisão foi de criar uma nova página e trabalhar tecnicamente com o Facebook para preservar [o contributo] desenvolvido e recebido desde 2016", acrescentou.

O órgão executivo disse ainda que a "IL já deu início aos procedimentos para realizar uma convenção electiva que permita o início de um novo ciclo”.

O SAPO24 contactou o presidente demissionário da IL, mas Miguel Ferreira da Silva afirmou que “de momento” não quer “prestar declarações”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.