Um comunicado da Câmara Municipal de Lisboa (CML) refere que “devido à greve dos trabalhadores da Valorsul – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e do Oeste, S.A, o Município de Lisboa vê-se impedido de proceder à remoção dos resíduos urbanos”.

A recolha não será feita entre segunda-feira à noite e a manhã de quarta-feira, 26 de outubro, razão pela qual a CML solicita que, naquele período, os munícipes não coloquem os resíduos no lixo.

Na semana passada, os trabalhadores da Valorsul divulgaram um comunicado indicando a convocação de greve para entre as zero horas de terça-feira, 25 de outubro, e as 08:00 do dia seguinte, quarta-feira, “para exigir o aumento dos salários e o cumprimento do direito à negociação coletiva”.

Os trabalhadores apontam que a administração da empresa, na última reunião com os representantes dos trabalhadores, “confirmou que não pretende iniciar a negociação da revisão da tabela salarial e de outras matérias constantes do Acordo de Empresa, para o ano de 2016″.

Os trabalhadores recordam que têm vindo a reivindicar “o cumprimento do direito à negociação coletiva, o aumento dos salários – que não são atualizados desde 2009 – bem como uma distribuição justa da riqueza criada com o seu empenhamento, esforço e dedicação”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.