O anúncio foi feito pela responsável dos serviços de epidemiologia deste Estado báltico, Loreta Asokliene, que justificou a entrada de França nesta lista com o aumento de novos casos diários de infeção pelo novo coronavírus, que têm atingido a fasquia do milhar, verificado nos últimos dias no território francês.

Com a inclusão de França, são 12 os países da União Europeia (UE) que estão abrangidos por esta medida: Portugal, Espanha, Suécia, Bélgica, Roménia, República Checa, Bulgária, Luxemburgo, Croácia, Malta e Áustria.

Esta lista, segundo precisou a epidemiologista Loreta Asokliene, é composta por países nos quais a taxa de infeção ronda as 16 novas pessoas infetadas por cada 100 mil habitantes nos últimos 15 dias.

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença covid-19 já provocou mais de 673 mil mortos e infetou mais de 17,3 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse (AFP).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.