A operação, desenvolvida pela Polícia Marítima de Setúbal na sexta-feira, ocorreu em duas fases dentro do porto de Sesimbra.

Uma primeira apreensão ocorreu durante a fiscalização a uma embarcação acabada de atracar naquele porto, com excesso de biqueirão, ultrapassando em mais de uma tonelada e meia o limite máximo permitido por lei, que é de cerca de 3.500 quilos (165 cabazes), de acordo com a informação divulgada.

Posteriormente, foi verificado um camião de uma empresa de congelados que se encontrava a carregar pescado naquele porto.

“Os elementos que operavam o camião reportaram aos agentes que transportavam 5.340 quilos de biqueirão e apresentaram documentação obtida na lota que atestava esse valor”, afirma a Autoridade, em comunicado, acrescentando que estavam carregados 10.980 quilos de biqueirão.

O pescado apreendido foi vendido na lota de Sesimbra, tendo revertido para o Estado mais de 11.000 euros.

A maioria do pescado teria como destino a Figueira da Foz, onde um comprador estrangeiro o receberia e faria sair do país.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.