O filme está a gerar polémica pois tem um protagonista negro e a voz de atores negros na versão original mas, na versão portuguesa, a dobragem foi feita por atores brancos, nomeadamente por Jorge Mourato, que dá voz à personagem principal.

"Em Portugal, a Disney tratou este filme como mais um, não tendo o mesmo critério e ignorando a intenção original na escolha de atores exclusivamente afrodescendentes para dar voz aos personagens. Não está em causa o habitual bom trabalho em dobragens feitas em Portugal ou a qualidade dos atores da versão Portuguesa mas há aqui a expectativa de respeito pela intenção original e pelo que este representa historicamente: ser o primeiro filme de animação com um protagonista negro, interpretado por vozes negras", diz a petição hoje tornada pública.

O texto é assinado por sete personalidades: Ana Sofia Martins, Dino D´Santiago, Mamadou Ba, Mayra Andrade, Nástio Mosquito, Pedro Coquenão e Sara Tavares.

Os signatários sustentam que o filme tem o "propósito assumido de querer retratar a cultura musical e a comunidade afro-americana", sendo que "todo o processo foi muito rigoroso na escolha de argumentistas, equipe técnica e, claro, dos atores que dariam vida a este filme assumido como um manifesto contra a iniquidade na indústria do entretenimento".

E prosseguem: "Foram tidas em conta várias personalidades e académicos para assegurar que a diversa comunidade negra estivesse confortável com a representatividade da obra".

Às 21:10 de Lisboa, a petição tinha cerca de 1.770 assinaturas.

(Notícia atualizada às 21h10)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.