É daquelas histórias que não se está habituado a contar ou a ler. Um cidadão encontrou dinheiro deixado numa caixa de multibanco da Areosa, na Rua de Costa Cabral, no Porto, e quer devolvê-lo.

A história é contada pelo Jornal de Notícias (edição para assinantes).

Alguém levantou dinheiro, mas partiu sem o levar, conta a publicação. Manuel Azevedo, um mediador de seguros da zona, encontrou na ATM em questão algumas notas e o talão de levantamento. Agora, quer devolvê-lo — mas não está fácil.

Foi pelo talão que Manuel Azevedo percebeu tratar-se de uma conta do BPI, pelo que se dirigiu a uma agência daquele banco com o propósito de entregar a verba e o documento pelo qual se poderia identificar o cliente.

Manuel Azevedo foi aconselhado a guardar o dinheiro e talão, e a enviar ao BPI, por correio eletrónico, a "história" e outros elementos. Uma semana decorrida, e após outras diligências que chegaram à sociedade responsável pela rede multibanco, ninguém lhe respondeu.

O mediador de seguros conta à publicação que está "sem paz e sem poder dormir". Manuel Azevedo acredita que o dinheiro (a quantia não é especificada) "embora não sendo uma fortuna" para quem vive desafogado, "deve estar a fazer muita falta à pessoa, para comer ou comprar medicamentos".

Se é o dono deste valor perdido, o Jornal de Notícias dá detalhes em como o reclamar. Poderá contactar Manuel Azevedo ou deslocar-se ao seu local de trabalho, uma loja de seguros frente à igreja da Areosa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.