O plano foi acionado hoje, "às 14:00, pela Comissão Distrital da Proteção Civil", que é liderada pelo presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde, disse Carlos Luís Tavares.

De acordo com este responsável, os municípios de Montemor-o-Velho, Figueira da Foz, Condeixa-a-Nova, Soure e Coimbra já tinham ativado os seus planos municipais de emergência durante o dia de hoje. Já Mira ativou o plano municipal ainda na quinta-feira, acrescentou.

"A resposta à emergência foi dada. Agora é a questão de retomar a normalidade. A ação deste plano permite uma agilização dos processos para que os municípios consigam repor a normalidade", explanou Carlos Luís Tavares, referindo que agora os trabalhos se centram na limpeza de árvores e estruturas caídas nas vias, apoio na reposição de telhados e remoção de árvores que estejam em risco de queda.

A tempestade Leslie provocou 27 feridos ligeiros, 61 desalojados e quase 1.900 ocorrências comunicadas à Proteção Civil, de acordo com o balanço desta autoridade.

Dos 61 desalojados, 57 são do distrito de Coimbra.

Numa nota enviada à agência Lusa, a Câmara Municipal de Coimbra informou que ativou o Plano Municipal de Emergência às 13:00 de hoje, pela "necessidade de garantir a mobilização mais rápida de meios e recursos para uma maior eficácia e eficiência na resposta às mais de quatro centenas de ocorrências registadas no concelho".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.