Em declarações à Lusa, o oficial de serviço na ANPC, Miguel Oliveira, salientou que, até pouco depois das 12:00, a ANPC “não registava grandes preocupações a nível de ocorrências”.

"Desde a meia-noite até às 11:30 tivemos 144 ocorrências, sobretudo pequenas ocorrências como queda de árvores e de painéis e estruturas, que acabam por influenciar muito os dados", disse, salientando que este nível de ocorrências é considerado normal para as condições meteorológicas de hoje, sobretudo devido ao vento.

O oficial destacou que hoje a Proteção Civil tem estado dedicada "à recuperação, após os últimos fenómenos", nomeadamente no Algarve e na Trafaria.

A região de Faro foi atingida no domingo por um tornado, o segundo na mesma semana.

Na Trafaria, em Almada (distrito de Setúbal), desde a passada semana que as populações com casas perto do mar têm sido afetadas pela forte ondulação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.