Através da rede social Twitter, Bettel indicou que o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, irá apresentar a proposta ao primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, antes de os líderes europeus se voltarem a reunir-se.

Porém, fonte diplomática informou haver um "conjunto de princípios, mas não um texto consensualizado". Uma outra fonte sublinhou que "não há um texto fechado" para apresentar a Ancara.

O primeiro-ministro belga, Charles Miguel indicou que um "acordo com a Turquia não pode ser um cheque em branco". "Vamos continuar a discussão amanhã (sexta-feira)", disse o governante.

A questão do Chipre, as exigências da Turquia (bem como as políticas de Erdogan) e as dúvidas relativas à protecção dos direitos humanos eram os principais entraves identificados a este acordo entre os 28.

Inicialmente, a agenda para sexta-feira previa um pequeno-almoço de trabalho com Davutoglu, mas atualmente desconhece-se o horário a seguir no segundo dia de cimeira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.