Segundo o Ministério da Saúde brasileiro, está ainda a ser investigada uma eventual relação de 4.070 óbitos com a covid-19, no momento em que a letalidade da doença no Brasil é de 4,9%.

O Brasil, segundo país do mundo com mais mortes e também com mais casos confirmados, registou a recuperação de 412.252 pacientes infetados, sendo que 432.060 doentes continuam sob acompanhamento.

O país sul-americano soma 20,9 mortes e 422,7 casos de covid-19 por cada 100 mil habitantes, numa nação com uma população estimada de 210 milhões de pessoas, informou ainda o tutela da Saúde.

São Paulo continua a liderar a lista dos Estados com o maior número de casos, concentrando oficialmente 181.460 pessoas diagnosticadas com a doença causada pelo novo coronavírus e 10.767 vítimas mortais.

Seguem-se as unidades federativas do Rio de Janeiro, que contabiliza 80.946 infetados e 7.728 óbitos, o Ceará, que tem hoje 79.462 casos confirmados e 4.999 mortes, e o Pará, com 69.224 pacientes infetados e 4.201 vítimas mortais.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 434 mil mortos e infetou quase oito milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.