“Depois de ter sentido os sintomas iniciais do coronavírus, fiz o teste e deu positivo. Sinto-me bem, mas estou internado no hospital, segundo o conselho dos médicos”, escreveu Amit Shah, citado pela agência Efe.

Na sua publicação no ‘Twitter’, o ministro do Interior da Indía pede também a todos aqueles que tiveram contacto com ele nos últimos dias que façam o teste.

Amit Shah, que esteve na linha da frente nas ações do Governo da Índia para conter a propagação da covid-19, participou em alguns eventos e atividades com o gabinete ministerial, não existindo, contudo, informações sobre outros casos no executivo.

Também hoje, as autoridades indianas informaram que uma ministra do estado de Utar Pradesh, Kamala Rani Varun, morreu por covid-19, depois de vários dias hospitalizada.

A Índia contabiliza um total de 1.750.723 casos confirmados e 37.364 óbitos, registando nas últimas 24 horas 54.000 novas infeções, sendo o terceiro país com o maior número de contágios, depois dos Estados Unidos e da Rússia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 685 mil mortos e infetou mais de 17,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.