A portuguesa, que residia no Luxemburgo, foi encontrada desmembrada em Mont-Saint-Martin.

Contactado pela Lusa, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português indicou que o apoio que está a ser prestado pelos consulados gerais de Estrasburgo e do Luxemburgo foi “ativado na sequência de contacto da família com o Gabinete de Emergência Consular” deste ministério.

Na segunda-feira, o jornal Contacto noticiou que o Ministério Público luxemburguês confirmou a este órgão de comunicação social que a mulher encontrada desmembrada em Mont-Saint-Martin era portuguesa e vivia no Luxemburgo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.