O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora disse à agência Lusa que o alerta para o acidente, “perto de Borba”, foi dado aos bombeiros às 13:39.

A vítima mortal é uma mulher, de 48 anos, enquanto os feridos são dois homens, um deles “de 75 anos e com ferimentos graves” e o outro de 44 anos e com ferimentos ligeiros, adiantou a mesma fonte.

Contactada pela Lusa, fonte do Comando Territorial de Évora da GNR revelou que a vítima mortal e o ferido grave “seguiam no veículo ligeiro de passageiros” envolvido no acidente, enquanto “o ferido ligeiro era o condutor do pesado de mercadorias”.

O ferido grave foi transportado num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), afirmou o CDOS, referindo que o corpo da vítima mortal foi levado para os serviços de medicina legal da mesma unidade hospitalar.

Já o ferido leve, acrescentou, foi transportado pelos bombeiros para o Serviço de Urgência Básico do Centro de Saúde de Estremoz.

A EN4, na zona do acidente, esteve cortada temporariamente ao trânsito, nos dois sentidos, para permitir a aterragem do helicóptero do INEM, mas “já foi reaberta e o trânsito circula de forma alternada”, uma vez que o pesado ainda se encontra na via, indicaram o CDOS e a GNR.

“O pesado de mercadorias ainda está a aguardar remoção por um reboque”, sublinhou a fonte da GNR contactada pela Lusa.

O sinistro mobilizou um total de 24 operacionais, apoiados por oito veículos e um helicóptero, dos bombeiros de Borba, da GNR e do INEM.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.