Mais de 820.000 pessoas com VIH/SIDA foram diagnosticadas no final de junho, um aumento de 100.000 num ano, informou a agência Xinhua, citando dados divulgados por autoridades de saúde durante uma conferência sobre a doença.

Mais de 40.000 novos casos foram relatados apenas no segundo trimestre, 93,1% dos quais contraíram o vírus através de relações sexuais.

O número de contaminações por transfusões de sangue foi “basicamente reduzido a zero”, segundo a agência.

Nas décadas anteriores, a China foi abalada por escândalos de contaminação em larga escala durante campanhas de sangue e transfusões de sangue, que afetaram dezenas de milhares de pessoas.

Nos anos de 1990, nas áreas rurais da China, dezenas de milhares de pessoas, por vezes toda a população de uma vila, foram infetadas com equipamentos contaminados durante programas de recolha de sangue, organizados pelas autoridades.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.