Num relatório na semana passada, a OMS e os seus parceiros notaram que nove dos novos casos de poliomielite causados pela vacina estão localizados na Nigéria, na República Democrática do Congo, na República Centro-Africana e em Angola, e outros sete países africanos sofrem de epidemias semelhantes.

Em casos raros, o vírus vivo na vacina oral pode sofrer uma mutação capaz de gerar novos surtos.

Os doadores ofereceram, na semana passada, 2,6 mil milhões de dólares (2.4 milhões de euros) para um programa de erradicação da pólio, mas nos últimos anos, problemas com a vacina têm dificultado os avanços no programa e vários prazos não foram cumpridos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.