“Compreendendo a importância do evento, a junta de freguesia considera que há um excesso de ocupação do espaço público”, disse à agência Lusa fonte da autarquia.

A mesma fonte afirmou que a junta de freguesia emitiu um parecer prévio onde o impacto da ocupação do espaço era “menor”, sem comprometer a realização do evento, referindo-se à ocupação da Alameda dos Oceanos, um eixo central da freguesia.

As comemorações do Jubileu de Diamante de Aga Khan têm início na quinta-feira e terminam dia 12 de julho e incluem mostras de arte, cinema, conferências e concertos e vão impedir a normal circulação de pessoas e veículos no Parque das Nações.

A Câmara Municipal de Lisboa, responsável pela emissão das licenças necessárias para a realização do evento, confirmou à agência Lusa já ter emitido a respetiva licença e enviado ao local o núcleo de fiscalização.

“Não temos conhecimento da licença emitida, não sabemos se o nosso parecer foi tido em consideração, mas acreditamos que sim”, referiu fonte da junta de freguesia.

A mesma fonte disse à agência Lusa não ter conhecimento de alguma “fiscalização” por parte da Câmara Municipal de Lisboa ao evento.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.