A proposta será apresentada na reunião do Executivo da Câmara na próxima terça-feira.

Segundo a nota da autarquia, "o Pavilhão está a ser reabilitado, depois de um concurso que permitirá ao consórcio explorá-lo durante 20 anos" e "depois de um investimento de oito milhões de euros". A recuperação deverá estar concluída em Maio.

Em relação ao nome do edifício, "à designação toponímica que se manterá como Pavilhão Rosa Mota, o concessionário poderá acrescentar, para efeitos de comercialização, o branding Super Bock Arena", indica a Câmara, acrescentando que a atleta foi consultada antes da apresentação da proposta.

A autarquia receberá quatro milhões de euros pelo contrato com o concessionário.

O espaço está preparado para receber grandes eventos, incluindo acontecimentos desportivos e culturais, bem como congressos e fóruns internacionais.

De acordo com o comunicado, a recuperação do edifício não fez alterações à arquitetura exterior do pavilhão, nem teve interferências nos jardins do Palácio de Cristal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.