Segundo uma nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet, "o primeiro-ministro informou esta tarde o Presidente da República do pedido de demissão do ministro da Defesa Nacional", nos termos da Constituição, "mais tendo acrescentado que oportunamente proporia o nome de um substituto".

O chefe de Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas "aceitou a proposta de exoneração e aguarda a proposta de nomeação de um sucessor", lê-se na mesma nota.

O ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, apresentou hoje ao primeiro-ministro, António Costa, a sua demissão do Governo.

Na base do pedido de demissão de Azeredo Lopes estão os desenvolvimentos do processo de investigação judicial ao desaparecimento e recuperação das armas furtadas nos paióis de Tancos.


Notícia atualizada às 18:24

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.