Giuseppe Conte e os seus ministros farão o juramento dos cargos na quinta-feira, anunciou o secretário-geral da Presidência da República, Ugo Zampetti.

O primeiro governo de Conte, de 14 meses, entrou em colapso no mês passado, quando o ministro do Interior, Matteo Salvini retirou o seu partido (Liga) da coligação populista, numa tentativa frustrada de desencadear eleições antecipadas para que o próprio pudesse alcançar a liderança.

Conte irá anunciar ainda hoje o seu novo executivo.

Na terça-feira, os militantes do Movimento 5 Estrelas votaram ‘online’ maioritariamente a favor da integração do seu movimento num Governo italiano de coligação com o Partido Democrático, liderado pelo primeiro-ministro indigitado, Giuseppe Conte.

O líder do M5S, Luigi Di Maio, disse que votaram na plataforma ‘online’ do partido cerca de 79 mil dos 117 mil militantes inscritos no M5S, tendo 79% respondido favoravelmente à participação do movimento no futuro Governo de coligação liderado por Conte.

Ficou assim resolvido o único obstáculo à coligação governamental, depois de Conte ter conseguido compatibilizar, no final de várias reuniões, as propostas programáticas do seu partido, M5S, e do PD.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.