"Temos de perceber que a escola pública e que quem trabalha na escola pública realiza um trabalho de excelência, só comparável àquele que o Serviço Nacional de Saúde realizou ao longo destes 42 anos nos ganhos extraordinários de saúde que o país teve e que está agora a ter também, felizmente, na área da educação", afirmou o primeiro-ministro, António Costa.

De acordo com o líder do executivo socialista, os números divulgados "esta semana pelo Ministério da Educação sobre o sucesso do percurso educativo" mostram que "as escolas, e em particular as escolas públicas, têm resultados de excelência naquilo que é a evolução de cada criança entre o momento em que chega à escola e o momento em que sai da escola".

Este é "um motivo de grande alegria", notou António Costa, que discursava na cerimónia de inauguração do Centro Escolar de Porto de Mós, que conta mais de 200 crianças, em duas turmas de pré-escolar e em nove turmas de 1.º ciclo.

O primeiro-ministro enalteceu que se trabalha melhor quando há "ferramentas melhores", mas o essencial da escola "nunca é o edifício" ou o cimento ou vidro que é colocado nas obras de um estabelecimento de ensino.

Para António Costa, o essencial "é a qualidade dos recursos humanos", que diariamente trabalham para que as crianças tenham melhores condições "para poderem realizar todo o seu potencial".

A presença do primeiro-ministro em Porto de Mós, no distrito de Leiria, insere-se numa visita que faz hoje por vários distritos do país para mostrar obras apoiadas por fundos comunitários e que o Governo sustenta estarem a "alavancar" o investimento público.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.