A propriedade foi vendida em setembro de 2015 por uma empresa francesa especializada em imóveis de luxo. Na altura, apenas se soube que o comprador era do Médio Oriente.

O jornal nova-iorquino, citado hoje pela agência AFP, indica que o proprietário atual é o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, que tem defendido a austeridade em prol da luta contra a corrupção no país.

Um portal francês de informação, Mediapart, avançara em julho que Mohammad bin Salman era o comprador do Castelo Luís XIV.

Construída em 2011, a propriedade foi batizada com o nome do monarca que reinou em França nos séculos XVII e XVIII, e alia a arquitetura tipo setecentista à mais recente tecnologia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.