O procedimento em curso consta no decreto real que designa os órgãos e autoridades encarregadas de dar cumprimento às medidas acordadas para a Catalunha na aplicação do artigo 155 da Constituição espanhola, que suspende a autonomia da região.

No texto publicado esta manhã no Diário Oficial do Estado está determinado que o Presidente do Governo assume as funções e competências que correspondem ao presidente da Generalitat da Catalunha previsto no estatuto.

No entanto, outro artigo do decreto especifica que Rajoy delega essas funções na vice-presidente, de acordo com o que está estabelecido na lei do Governo. Esta norma permite que o presidente do Governo possa delegar competências próprias em favor de seu vice-presidente e de ministros.

Governo espanhol destitui chefe da polícia catalã

O governo espanhol publicou também este sábado no Diário Oficial do Estado a destituição do chefe de polícia da Catalunha, Josep Lluís Trapero, como parte das medidas de intervenção nas instituições regionais. Trapero, chefe operacional dos Mossos d'Esquadra (polícia catalã), converteu-se numa figura emblemática da crise catalã nas últimas semanas.

Rajoy também afastou das suas funções o diretor administrativo da policial regional.

O parlamento regional da Catalunha aprovou na sexta-feira a independência da região de Espanha, numa votação sem a presença da oposição, que abandonou a Assembleia Regional e deixou bandeiras espanholas nos lugares que ocupavam.

Parlamento catalão diz 'sim' à independência
Parlamento catalão diz 'sim' à independência
Ver artigo

Quase ao mesmo tempo, em Madrid, o Senado aprovava a intervenção na autonomia catalã, tendo o Governo espanhol reunido em seguida para aprovar as medidas para restituir a legalidade institucional na região.

O Governo central anunciou ao fim do dia de sexta-feira a dissolução do parlamento regional, a realização de eleições em 21 de dezembro próximo e a destituição de todo o Governo catalão, entre outras medidas.

(Notícia atualizada às 11h25)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.