O regime recuperou as localidades de Kfar Batna e Saqba, numa zona controlada pelo grupo islamita Faylaq al-Rahmane, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O exército sírio, apoiado pelo seu aliado russo, prossegue os bombardeamentos das áreas rebeldes de Ghouta oriental, que tem sitiada desde 2013.

Pelo menos 37 civis, incluindo quatro crianças, morreram hoje em ataques aéreos ao feudo rebelde, indicou o OSDH.

Para escapar à miséria e às bombas, mais de 20.000 pessoas fugiram hoje do enclave. Desde quinta-feira cerca de 50.000 abandonaram a zona, adiantou.

A intensa ofensiva das forças pró-governamentais, lançada a 18 de fevereiro, já permitiu recuperar 70% da região de Ghouta oriental, anunciou hoje o exército sírio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.