Rui Barreto reuniu-se hoje num hotel do Funchal com cerca de 30 luso-venezuelanos, tendo anunciado que o partido promove quarta-feira, na Assembleia Legislativa, um debate potestativo para refletir sobre o agravamento da situação económica e humanitária na Venezuela e o impacto social na comunidade portuguesa que é maioritariamente de origem madeirense.

"Ouvi hoje cerca de três dezenas de luso-descendentes e aquilo que constatei foi que muitos deles não perguntaram o que é que o Estado tem para lhes oferecer, mas quais as ferramentas que disponibiliza para que possam trabalhar, investir, ajudar a Madeira e a economia a criar emprego e riqueza", referiu Rui Barreto.

De acordo com o Governo Regional, cerca de 6.000 luso-venezuelanos regressaram à Madeira desde a instabilidade política e social na República Bolivariana da Venezuela.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.