De acordo com o SRPCBA, que cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), o evento foi registado às 08:18 locais (menos uma hora do que no continente) e teve epicentro a 32 quilómetros a oeste/noroeste da freguesia do Capelo, concelho de Horta.

Segundo a nota, o sismo foi sentido com intensidade máxima IV na escala de Mercalli Modificada (que vai de I a XII, aumentando conforme o grau de intensidade) no Capelo e Castelo Branco, e com intensidade III nas freguesias da Praia do Norte, Cedros e Feteira.

Na semana passada, a ilha do Faial sentiu sismos com magnitudes, segundo a escala de Richter, de 3,4 (quinta-feira), 3,9 (quarta-feira) e 4,4 (terça-feira).

Na noite de domingo foram também sentidos outros dois sismos na ilha, de magnitude 3,5 e 3,6 na mesma escala.

De acordo com a escala de Richter, os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequenos (2,0-2,9), pequenos (3,0-3,9), ligeiros (4,0-4,9), moderados (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grandes (7,0-7,9), importantes (8,0-8,9), excecionais (9,0-9,9) e extremos (quando superior a 10).

Na semana passada, o presidente do CIVISA disse à Lusa que o Faial estava a registar um ligeiro incremento da atividade sísmica, com todos os eventos com epicentro no mar.

“É uma das muitas zonas sismogénicas do arquipélago e desde o dia 03 de novembro (domingo), sensivelmente desde as 16:00, que se registou um ligeiro incremento da atividade sísmica nesta zona sismogénica, localizada a oeste do Faial, com uma distância entre os 25 e os 35 quilómetros da ilha”, explicou Rui Marques.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.