De acordo com a Fundação Venezuelana de Investigações Sismológicas (Funvisis), o sismo foi sentido às 04:41 (20:41 em Lisboa), com epicentro localizado a oito quilómetros a sudoeste da capital de Trujillo.

A organização pediu aos venezuelanos que permanecessem calmos e lembrou que “os terremotos não podem ser previstos”.

“Temos de estar preparados para a ocorrência de um evento desta natureza (…) a prevenção é a chave”, escreveu a Funsivis na rede social Twitter.

O tremor também foi sentido em estados vizinhos como Mérida, Zulia e Táchira, segundo a imprensa local.

No passado dia 21 de agosto, um sismo de magnitude 6,9 na escala de Richter atingiu a costa norte do país, causando danos em várias estruturas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.