A agência meteorológica do país tinha ao início da manhã declarado que o sismo tinha uma magnitude de 5,9, mas cerca de duas horas atualizou o valor para 6,1.

O sismo registou-se às 07:58 locais (23:58 de domingo em Lisboa) e teve o seu hipocentro a dez quilómetros de profundidade da província de Osaka, na ilha de Honshu, a maior do arquipélago nipónico, e a 500 quilómetros a oeste de Tóquio.

Horas antes, o porta-voz do Governo, Yoshihide Suga, tinha declarado não haver relatos de grandes danos nem o registo de vítimas.

Como medida de precaução, os serviço de comboio e metro foram suspensos para verificação dos equipamentos e infraestruturas.

De acordo com a agência meteorológica do país, o abalo não levou à ativação do alerta de tsunami.

O Japão está localizado no chamado Anel de Fogo, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.