Sónia Maria dos Santos Peres Moreira é a vencedora do "Prémio Nobel" do ensino, na edição portuguesa. A professora de Vila Nova de Gaia ganhou assim "um prémio de 30 mil euros e fica ainda com acesso facilitado à próxima edição mundial do prémio", segundo a organização.

"Apaixonada por explorar a arte de aprender a ensinar com os outros, criou o COOPERA, que desde 2016 tem impacto direto em 60 professores e 29 turmas (cerca de 730 alunos). Esta iniciativa surge após 23 anos como docente e tem como principal objetivo promover o sucesso escolar através de práticas pedagógicas inovadoras e inclusivas. A abordagem na condução das práticas educacionais, baseia-se na metodologia ativa da Aprendizagem Cooperativa (AC) que sustenta o COOPERA e aposta numa mudança de paradigma no contexto de sala de aula", pode ler-se em comunicado divulgado.

A metodologia  desenvolvida pela professora chegou "com sucesso" a várias escolas em diferentes regiões do país. Segundo o regulamento do concurso, a quantia recebida em dinheiro deve ser utilizada "sobretudo na ampliação do impacto do projeto vencedor".

Os vencedores deste ano foram escolhidos a partir das 116 candidaturas validadas pelos auditores da PWC, tendo, numa segunda fase, o júri elegido 6 finalistas e Menção Honrosa.

O anúncio do vencedor deste ano foi assegurado, através de vídeo, pela Comissária Europeia Mariya Gabriel, que se juntou assim à 3.ª edição do Global Teacher Prize Portugal.

Foram ainda atribuídas duas menções honrosas: a Menção Honrosa "Adaptação e Inovação do Ensino à Distância", à professora Ângela Morais, docente de Educação Musical no Colégio Atlântico no Seixal, e a Menção Honrosa Sustentabilidade Social, à professora de Educação Moral e Religiosa Católica e Educação Ambiental Ana Maria David Mano Mendes, do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Concelho de Vila Nova de Famalicão.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.