As ligações aéreas de Moçambique com o estrangeiro estão suspensas desde meados de maio no âmbito da prevenção da pandemia de covid-19 e os voos hoje anunciados fazem parte de um conjunto de ações autorizadas pontualmente para responder a necessidades específicas.

No caso, serão realizados dois voos entre Lisboa e Maputo nos dias 16 e 23 de julho e dois voos entre Maputo e Lisboa nos dias 18 e 25 de julho.

Os bilhetes devem ser adquiridos junto da TAP através dos canais habituais e aos preços definidos pela transportadora aérea.

Ainda assim, a embaixada portuguesa classifica-os como “voos humanitários e de apoio ao repatriamento” em que apenas estão autorizados a viajar passageiros que reúnam determinadas condições quanto à nacionalidade ou autorização de residência.

Moçambique regista um total acumulado de 1.135 casos de infeção pelo novo coronavírus, com nove mortos e 349 recuperados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.