A informação consta de uma nota enviada à comunidade académica pelo reitor da UA, Paulo Jorge Ferreira, após a instituição ter registado nos últimos três dias 43 novos casos de covid-19.

A época normal de exames deveria começar na próxima sexta-feira, prolongando-se até 04 de fevereiro.

De acordo com a mesma nota, a UA irá proceder à reprogramação do calendário de exames (época normal e época de recurso), bem como do calendário escolar do segundo semestre.

“Será enviada informação mais precisa sobre estas alterações, após audição do Conselho Pedagógico”, refere o reitor, adiantando que estas medidas “poderão ser ajustadas ou complementadas por outras, conforme as circunstâncias exigirem”.

Desde o início do ano letivo em curso, a UA registou 563 infeções entre alunos, professores e funcionários, existindo 77 casos ativos, 485 recuperados e um óbito.

Portugal registou hoje 219 mortes relacionadas com a covid-19 e 14.647 novos casos de infeção com o novo coronavírus, os valores mais elevados desde o início da pandemia, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 2.058.226 mortos resultantes de mais de 96,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.465 pessoas dos 581.605 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.