Citada pela agência Associated Press, a companhia esclareceu que o problema foi causado por um problema de ‘hardware’ num dos sistemas europeus, vincando que não se tratou de “um acesso sem autorização”.

A Visa esclareceu que os serviços já retomaram “a normalidade”, estando a operar “com toda a sua capacidade”.

Na sexta-feira a empresa admitiu a existência de uma “interrupção” no seu serviço, que levou ao impedimento de algumas transações na Europa.

“A Visa está a atravessar uma interrupção no seu serviço. Este incidente está a impedi que algumas transações da Visa sejam processadas na Europa, disse, na altura, a empresa numa nota enviada à Lusa.

No documento, a empresa garantiu estar a “investigar a causa”, de modo a resolver o problema o mais rápido possível.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.