“A região ainda atrai grandes e pequenos exploradores, mas como a maioria das descobertas é de gás, transformá-las em projetos viáveis provou ser muito mais difícil”, disse o líder da equipa de consultores dedicada a África.

Numa nota enviada aos investidores a propósito da Oil & Gas Week, que se realiza esta semana na Cidade do Cabo, e a que a Lusa teve acesso, a consultora WoodMac escreve que “os mais de 500 milhões de barris foram principalmente encontrados nas águas tropicais de Moçambique e Tanzânia, no Senegal e na Mauritânia, na Nigéria e até no Congo e Angola”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.