“Também devemos permitir a entrega de mísseis de longo alcance para a Ucrânia, isso é importante. Devemos também expandir a nossa cooperação em artilharia e [viabilizar] o envio de aviões de combate”, disse Zelensky no seu discurso diário publicado nas redes sociais.

Vários países ocidentais confirmaram hoje o envio de tanques pesados para a Ucrânia, embora os números sejam ainda incertos, após a Alemanha ter autorizado a cedência dos Leopard 2 e de os Estados Unidos anunciarem o fornecimento de blindados Abrams, como forma de apoio contra invasão russa iniciada em 24 de fevereiro do ano passado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.